Home / Ministério de Adoração / Sobre

Ministério de Adoração – SIB São Luís

 

“No entanto, está chegando a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. São estes os adoradores que o Pai procura. Deus é espírito, e é necessário que os seus adoradores O adorem em Espírito e em verdade”.

(Jo 4.23 e 24)

 

Entendemos como servos do Senhor, que fomos criados por Ele para o louvor da sua glória, conforme o bom propósito da sua vontade. (Ef 1.11) Cremos nos dons do Espírito Santo e que o mesmo concede ao seu povo dons e talentos para a edificação do corpo de Cristo. (1Co 12.7 e 11). Assim, o ministério de Adoração é a área responsável pela comunicação criativa nas celebrações da igreja. Assim através dos dons e talentos expressos através das artes como a música, a dança, o teatro, condução do culto; o ministério coordena tudo que envolve o culto congregacional na igreja.

 

Missão: Adorar a Jesus Cristo e proporcionar a Igreja a edificação através da adoração expressa pelas artes, conforme os dons e talentos dados pelo Espírito Santo a cada um.

 

Visão: Ser um ministério que serve ao Senhor com excelência, discipulando pessoas, inspirando vidas e as levando a um verdadeiro e intenso relacionamento com o Senhor.

 

BASES

 

  • Disposição: Estar disposto é sempre o primeiro passo. É quando surge aquele sentimento embrionário de utilizar seus dons e talentos ao serviço do reino. Esta etapa não é negligenciada nem subestimada por nós, pois é quando o artista desenvolve suas motivações mais puras e define a impressão que tem do ministério no qual está ingressando.

 

  • Compromisso: No degrau do compromisso o artista conhece as características e valores com os quais se compromete a viver e seguir para fazer parte do grupo desejado. Nesta etapa ficamos muito atentos pois no degrau compromisso há o grande perigo da estagnação. Muitos líderes contentam-se com a manutenção de um grupo comprometido com seu ministério, mas esquecem-se que tanto a maturidade espiritual quanto a qualidade artística são fruto de empenho, dedicação e superação. Comprometer-se com a excelência pessoal e de seu grupo é um desafio que não pode ser deixado de lado. Davi nos dá um lindo exemplo no texto de 2 Samuel 24.22-24. Ao chegar às terras de Araúna, teve a chance de erigir um altar a Deus sem esforço, pois Araúna ofereceu-lhe tudo o que precisava. Acontece que Davi era um servo de Deus comprometido com a excelência, e sabia que toda oferta deve ser fruto de um esforço pessoal, que custe ao ofertante. Davi sabia que Deus esperava dele o seu melhor, nada menos do que isso, e aceitar a proposta de Araúna seria o mais fácil, mas não algo que estivesse à altura de Deus. Seria o mesmo altar, com os mesmos elementos, mas não teria havido empenho e dedicação pessoal.

 

  • Excelência: Na escalada para a excelência não há uma linha de chegada. Espiritualmente temos um modelo perfeito que é Cristo (Ef 4.13), e quanto mais nos aproximamos dEle, mais percebemos o quanto precisamos mudar. Tecnicamente, quando pensamos que somos os melhores, descobrimos que fomos superados por alguém. A excelência é, portanto, um exercício contínuo e ininterrupto que exige de nós foco e perseverança. A grande bênção é sabermos que Deus não está no fim da linha nos aguardando, Ele está caminhando conosco, nos ajudando e fortalecendo, hora nos orientando, incentivando e fortalecendo, hora nos carregando no colo. Em suma, Ele é o principal interessado em nosso crescimento. Basta que estejamos conectados a Ele (Jo 15) que logo perceberemos os Seus frutos através de nós.

 

VALORES

 

1.Sou um Adorador

2.Oração

3.Adoração através da arte: Nossa Arte é para glória de Deus

4.Discipulado e caminhada: As Pessoas são mais importantes do que as coisas

5.Compromisso: Deus Espera o nosso melhor

 

ÁREAS DO MINISTÉRIO DE ADORAÇÃO SIB

 

  • Culto e música: área responsável pela elaboração das ordens de culto, condução dos mesmos, grupos de louvor, coros, ensaios e elementos que compõem as celebrações congregacionais da Igreja;
  • Artes cénicas: área responsável pela parte teatral, peças, encenações, esquetes, etc.
  • Danças: área responsável pela adoração com danças e coreografias nas celebrações congregacionais.
  • Sonotécnica e mídia: área técnica responsável pela sonoplastia, organização de todos os materiais de som e mídia, produção dos cultos com slides, vídeos etc.
  • Ensino e discipulado: área responsável pelo cuidado de vidas que integram o ministério, através do caminhar pessoal, lado a lado, o discipulado e pelo ensino ministerial através das disciplinas espirituais que o ministério deve ter. “Que a mensagem de Cristo, com toda a sua riqueza, viva no coração de vocês! Ensinem e instruam uns aos outros com toda a sabedoria. Cantem salmos, hinos e canções espirituais; louvem a Deus, com gratidão no coração”. (Colossenses 3.16) Seguindo esta orientação do apóstolo Paulo, o ministério de adoração busca contribuir para o crescimento espiritual de seus integrantes, promovendo momentos de consagração, encontros e reuniões para colaborar com o amadurecimento cristão dos nossos artistas.Somos um ministério comprometido com a excelência para a glória de Deus, mas estamos convictos de que a verdadeira beleza almejada pelo nosso Deus é a de um coração piedoso, contrito e obediente, que o adora em espírito e em verdade, pois são esses que o pai quer que o adorem. (Jo 4.23). Compreendemos a excelência como um caminho de vias paralelas, uma focada no desenvolvimento técnico e a outra focada na vida espiritual. Não há sentido em buscar-se o aprimoramento técnico sem que haja maior urgência pela busca de crescimento espiritual, assim como observamos que todo artista que tem investido seriamente em seu amadurecimento cristão, caminha também em direção ao aperfeiçoamento artístico, pois almeja entregar o seu melhor a Deus.
  • Formas de Atuação da área Ensino e Discipulado:

PGM Primícias: momento de consagração do ministério sempre antes do ensaio, onde é trabalhada a vida espiritual dos integrantes, através do culto devocional, oração e ensino da Palavra;

Discipulado Pessoal: oferecido a todos os artistas que se convertem ou são oriundos de igrejas cuja doutrina difere gravemente da doutrina batista. Trata-se de uma caminhada em parceria com a liderança da igreja e ministério de discipulado e integração, seguindo a linha de ensino da igreja para integração de novos membros;

Aconselhamento de Caminhada: oferecido a todo o artista que desejar ou necessitar de um acompanhamento pessoal tendo em vista desafios, lutas e outras realidades pelas quais esteja passando. Trata-se de um processo sem tempo determinado para encerramento, ficando a cargo do líder/pastor, diácono ou algum irmão mais maduro na fé que seja aconselhador conforme a necessidade do integrante.

Encontros ministeriais: acontece a cada semestre com todo o ministério para momento de alinhamento, confraternização e crescimento mútuo através da unidade.

LIDERANÇA

 

Ministro de Adoração: Jonathan Souza

 

Vice-ministra de Adoração: Cláudia Neves

 

Artes e Dança (Louvart): Silmara Brito

 

Sonoplastia: Esaú Frazão

 

Coro Infantil: Amanda Azevedo

 

Professores Linha de Ensino: Min. Jonathan Souza; Min. Cláudia Neves; Min. Thiago Carvalho e Min. Fran Farias

 

 

 

 PALAVRA DO MINISTRO

Somos um ministério composto por artistas cristãos das mais variadas idades, realidades e linguagens artísticas, chamados e vocacionados por Deus, e em comunhão com Ele e com a igreja local, utilizamos nossa arte como ferramenta de glorificação a Deus, revelação de Sua beleza e transmissão da Sua Palavra. Estamos firmemente comprometidos com a visão e missão da Segunda Igreja Batista de São Luís, assim como submissos a sua liderança espiritual. Permanecemos intimamente ligados à vida da igreja e cooperamos em unidade com os demais ministérios eclesiásticos, visando a edificação e crescimento do corpo de Cristo.

Nossa oração é que este ministério em todas as suas áreas de atuação sirva ao Senhor com excelência, edificando o corpo de Cristo, através das artes, do louvor e da adoração; crescendo em tudo naquele que O cabeça, o nosso Senhor Jesus Cristo.

 

Em Cristo,

Jonathan Souza – Ministro de Adoração da SIB São Luís